Pisa das uvas e merendim na Vindima da Miolo

Experiência no Vale dos Vinhedos atrai turistas de todo o Brasil que buscam viver a colheita da uva do vinhedo à degustação

De janeiro a março, o Vale dos Vinhedos ‘embriaga’ milhares de turistas de experiências sensoriais inesquecíveis. Afinal, somente nesta época do ano é possível vivenciar a colheita da uva, seus aromas, sabores e prazeres. Na Vindima da Miolo esta viagem pelos sentidos contempla visita pela vinícola, acompanhando a chegada das uvas, conhecendo o processo de elaboração dos vinhos e espumantes, além de caminhada pelo Parreiral Modelo, pisa das uvas, merendim, degustação e muita alegria com músicas típicas italianas.

A programação, que dura em média 2 horas, foi toda pensada para surpreender o visitante, levando-o a mergulhar pelo mundo da uva e do vinho. Oferecida sempre nas quartas-feiras e aos sábados, no período de 18 de janeiro a 7 de março, a atração é um convite a viver os prazeres da colheita. Cercada por vinhedos de todos os lados, a Miolo recebe anualmente em sua unidade no Vale dos Vinhedos mais de 200 mil turistas, cerca de 30% durante a vindima. “A experiência de colher a uva do vinhedo, de ver de perto a rotina de uma safra, de sentir o cheiro da uva em todo lugar só é possível nesta época do ano. São três meses de muito trabalho, mas também de uma grande festa. Afinal, a colheita é a celebração de um ano de dedicação ao vinhedo, onde nascem todos nossos vinhos e espumantes”, destaca o enólogo Adriano Miolo, diretor superintendente da empresa.

Uma mostra das variedades que a Miolo cultiva em suas quatro unidades (Miolo – Vale dos Vinhedos, Terranova – Vale do São Francisco, Fortaleza do Seival / Candiota – Campanha Meridional e Almadén / Santana do Livramento, Campanha Central) é vista durante caminhada pelo Parreiral Modelo, que reúne 45 variedades de uvas tintas e brancas. De lá, o visitante é conduzido para a pisa das uvas, revivendo as vindimas de antigamente, ao som de músicas típicas italianas. A alegria se completa com o tradicional merendim, aos moldes do que os imigrantes faziam com pão colonial, queijos, salame, copa, grostoli e, claro, uvas. A experiência é harmonizada com vinhos, espumantes e suco de uva.

SERVIÇO

O que? Vindima na Miolo

Quando? De 18 de janeiro a 7 de março, sempre às quartas e sábados

Onde? Vinícola Miolo, no Vale dos Vinhedos (Bento Gonçalves)

Experiências:

Visita à vinícola e ao Parreiral Modelo, Pisa das Uvas, Merendim (lanche típico italiano com pão colonial, queijos, salame, copa, grostoli e uvas), músicas típicas italianas e degustação de suco de uva, vinhos e espumantes.

Investimento

– R$ 120,00 (maiores de 18 anos). Cada participante ganha um brinde.

– R$ 60,00 (crianças e adolescentes de 9 a 17 anos)

Informações e venda

– Vinícola Miolo – visita@miolo.com.br | 54 2102.1537

– Giordani Turismo – faleconosco@giordaniturismo.com.br | 54 3455.2788

Mais sobre a Miolo

De gole em gole, a Miolo chega aos 30 anos como a vinícola brasileira com maior presença no mundo, exportando para mais de 30 países de todos os continentes. É o maior exportador de vinhos finos do Brasil. De 30 hectares em 1989, a Miolo cultiva hoje, 30 safras mais tarde, cerca de 950 hectares de vinhedos em quatro terroirs brasileiros: Vale dos Vinhedos (Serra Gaúcha), Seival/Candiota (Campanha Meridional), Almadén/Santana do Livramento (Campanha Central) e Terranova/Casa Nova (Vale do São Francisco), sendo a única empresa do setor genuinamente brasileira com atuação em quatro diferentes regiões produtoras. Com uma produção anual de cerca de 10 milhões de litros, é a marca que detém o maior portfólio de rótulos verde amarelos, exibindo centenas de prêmios conquistados no mundo inteiro. O pioneirismo na elaboração dos vinhos se estendeu para o enoturismo, onde a marca gera experiência, aproximando e formando novos apreciadores da bebida. Assim é no Vale dos Vinhedos com o Wine Garden Miolo, assim é no Vale do São Francisco com o Vapor do Vinho pelo Velho Chico, onde a Miolo transformou o sertão em vinhedo. Este mesmo espírito empreendedor que fez da pequena vinícola familiar a maior produtora de vinhos finos do Brasil em apenas 30 safras, é que move gerações e aproxima quem sonha de quem quer fazer.

Agradecemos seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Conteúdo protegido !!
%d blogueiros gostam disto: